Especial Edgar Allan Poe: o que incluir na sua biblioteca?

(A imagem que ilustra este post é um trabalho do artista britânico Sam Shearon. Para ver a ilustração completa assim como diversas outras obras sombriamente lindas, dê uma olhada no site oficial https://mistersamshearon.bigcartel.com/ )

Saudações, leitores noturnos!

19 de Janeiro, é o aniversário do nascimento de Edgar Allan Poe, então que maneira melhor de celebrar a data do que lendo? Afinal, nenhuma boa biblioteca de terror está completa sem ele. Mas Poe é um autor tão popular que às vezes é meio difícil escolher entre as várias edições de suas obras disponíveis no mercado.

Por isso aqui está uma listinha para te ajudar a escolher o que ler para celebrar o aniversário do Mestre do Terror.

Edgar Allan Poe: Medo Clássico Darkside ( Volume 1 e Volume 2)

A editora Darkside é conhecida dos fãs de terror pelas suas edições de alta qualidade com projeto gráfico super caprichado, então, logicamente, a edição das obras de Poe em dois volumes é linda. Mas o principal atrativo da seleção está na variedade do conteúdo: para dar uma visão mais completa da obra do autor, foram selecionadas não apenas os contos mais conhecidos, mas também alguns contos menos conhecidos, as histórias do detetive Auguste Dupin, alguns poemas e uma seleção da correspondência de Poe. O conteúdo está organizado por temas e a tradução de Marcia Heloisa tende mais à simplicidade e ao coloquial. Tudo isso torna a edição da Darkside uma boa pedida para quem está começando a se familiarizar com Poe.

Volume 1:

O espectro da Morte

O Poço e Pêndulo
A queda da casa de Usher
O baile da MOrte Vermelha

Narradores homicidas

O gato preto
O barril de amontillado
O coração delator

Detetive Dupin

Os assasinatos na rua Morgue
O mistério de Marie Rogêt
A carta roubada

Mulheres etéreas

Berenice
Ligéia
Eleonora

Ímpeto aventureiro

O manuscrito encontrado numa garrafa
O escaravelho de ouro
Nunca aposte sua cabeça com o diabo

O corvo

A filosofia da composição
Versão original
Tradução de Machado de Assis
Tradução de Fernando Pessoa

Volume 2:

O enigma dos duplos

Morella
William Wilson
O homem da multidão
O retrato oval

Crias do grotesco

O anjo do Bizarro. Uma história extravagante
O demônio da perversidade
Breve colóquio com uma múmia
Hop-frog ou Os oito orangotangos acorrentados

No limiar da morte

Uma descida ao Maelström
A caixa oblonga
O enterro prematuro
A verdade sobre o caso do Sr. Valdemar

Poemas

Lenore
O sonho dentro de um sonho
Annabel Lee

  • Cartas de Edgar Allan Poe, Linha do tempo e álbum de família.

Histórias Extraordinárias- Companhia das Letras

Volume único com seleção, apresentação e belíssima tradução do poeta José Paulo Paes. Em termos de beleza a edição não deixa a dever à Darkside, com a vantagem de ser mais compacta e trazer um melhor conteúdo crítico e informativo. A edição inclui textos de Julio Cortázar (“O contista” que analisa a marca registrada de Poe: seus relatos curtos), Jorge Luis Borges(“Edgar Allan Poe” um texto biográfico) e Charles Baudelaire (comentários sobre o texto de Poe daquele que traduziu Poe para o francês pela primeira vez. Suas tradução é um clássico em si.) A seleção de contos traz 18 dos melhores do autor, o crème de la crème de sua obra. Se a edição da darkside é uma boa edição introdutória com mais variedade e volume de conteúdo, a da Companhia das Letras é ótima para quem já é fã mais “veterano”.

Contos selecionados:

Ligeia
Pequena palestra com uma múmia
A carta roubada
O gato preto
O sistema do doutor Alcatrão e do professor Pena
O barril de Amontillado
O poço e o pêndulo
A máscara da Morte Rubra
Berenice
Sombra — uma parábola
O diabo no campanário
A queda da casa de Usher
O caixão quadrangular
O escaravelho de ouro
O coração delator
William Wilson
O retrato ovalado
O homem da multidão

O Corvo- Companhia das Letras

Esta edição segue o projeto gráfico da edição de “Histórias Extraordinárias”, ou seja também é muito bonita. Além do poema, o livro também inclui três ensaios sobre composição e poesia escritos por Poe. “O Corvo” é talvez a obra mais emblemática de Poe, e a edição da companhia das letras inclui não uma, mas duas traduções do poema, e os tradutores são nada mais nada menos que o brasileiro Machado de Assis e o português Fernando Pessoa. Como se não bastasse isso, o livro tem organização e posfácio escritos por um dos melhores tradutores brasileiros, Paulo Henriques Britto que também é o responsável pela tradução dos ensaios .

Contos de Imaginação e Mistério- Tordesilhas

A edição da Tordesilhas é a versão em português da clássica coletânea de 1919 da editora George Harrap & Co., com ilustrações o irlandês Harry Clarke. Assim como Poe era um mestre do fantasmagórico na literatura, Clarke era um mestre do fantasmagórico na arte: suas ilustrações são perfeitas para os textos sombrios de Poe, e misturam doses iguais de belo e grotesco. A seleção de 22 contos na elegante tradução de Cassio Arantes Leite tem textos mais conhecidos ao lado de outros mais obscuros e um o projeto gráfico faz jus às as ilustrações de Clarke. Também tem posfácio escrito por Baudelaire e referencias de publicação.

Contos selecionados:

William Wilson
O poço e o pêndulo
Manuscrito encontrado numa garrafa
O gato preto
Os fatos do caso do sr. Valdemar
O coração denunciador
Uma descida no Maelström
O barril de amontillado
A máscara da Morte Vermelha
O enterro prematuro
O encontro marcado
Morella
Berenice
Ligeia
A queda da Casa de Usher
O colóquio de Monos e Una
Silêncio – uma fábula
O escaravelho de ouro
Os assassinatos da Rue Morgue
O mistério de Marie Roget
O Rei Peste
Leonizando

Auguste Dupin: O primeiro detetive – Novo Século

Além de ser um mestre do terro, Edgar Allan Poe também lançou o alicerce para outro gênero literário muito popular: a narrativa policia/investigativa. Seu personagem Auguste Dupin é considera o primeiro detetive da história da literatura e serviu de inspiração para o Detetive Poirot de Agatha Christie e para o Sherlock Holmes de Arthur Conan Doyle. Essa edição junta em um único volume os três contos protagnoizados por Dupin: “Os Assassinatos da Rua Morgue”, “O Mistério de Marie Rogêt” e “A carta furtada” em tradução colaborativa de Fátima Pinho e Oscar Nestarez. Uma boa pedida para quem quer ler as histórias de Dupin, sem precisar levar os contos de terror junto.

Contos obscuros de Edgar Allan Poe- Casa da Palavra

Uma das grandes dificuldades quando o leitor se propõe s comprar uma coletânea de Edgar Allan Poe é que muitas seleções trazem os mesmos contos. Os contos mais famosos do autor tendem a se repetir em edições diferentes. A premissa de “Contos Obscuros de Edgar Allan Poe” é justamente fazer o contrário, isto é, coletar justamente os textos menos conhecidos. A tradução é do excelente tradutor, escritor, poeta, dramaturgo e pesquisador Bráulio Tavares, que também assina o posfácio, no qual comenta cada conto. A edição também tem uma bibliografia, uma lista de outras coletâneas consultadas, assim como uma lista de obras críticas e outros materiais de pesquisa. Ou seja, é uma edição perfeita para os fãs mais “hardcore” de Poe, que queiram se aprofundar mais na obra dele.

Contos selecionados:

Metzengerstein
Manuscrito encontrado numa garrafa
Morella
O Rei Peste
Sombra – Uma parábola
Silêncio – uma fábula
Como escrever um artigo à moda Blackwood
Uma trapalhada
Descida no Maelström
Três domingos numa semana
A balela do balão
Um conto das montanhas Fragosas
O Anjo do Bizarro
Tu és o homem
A milésima segunda história de Sherazade
A Esfinge

2 comentários em “Especial Edgar Allan Poe: o que incluir na sua biblioteca?

Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: