Especial Dia das Crianças: livros de arrepiar para crianças e adolescentes!

Saudações, leitor noturno!

Já parou para pensar que o dia das crianças é no mesmo mês que o Dia das Bruxas? Pois é, e quem tem crianças e adolescentes em casa sabe que muitos deles a-do-ram um bom filme ou história de fantasma. Então porque não aproveitar e já ir iniciando os pequenos (e os maiorzinhos) no mundo da literatura de terror?

Por isso aqui está uma listinha de livros assustadores para crianças e adolescentes que vão garantir uns arrepios bem divertidos!

Para os pequenos (crianças até 12 anos):

Histórias Assustadoras para contar no escuro- Alvin Schwartz (Tradução: Cristiane Pacanowski)

Talvez você já tenha visto a adaptação cinematográfica produzida por Guillermo Del Toro e dirigida por André Ovredal, neste caso, pode estar pensando “como assim? O filme é mais para adolescentes, e você está indicando o livro para crianças?” O que acontece é que a adaptação pegou o material original e deixou uma ligeira “pesada na mão” para criar um filme coeso e que funcionasse para um público um pouco mais velho. Mas a trilogia original de livros (só o primeiro foi traduzido no Brasil) é bem light, indicado para crianças mesmo. São várias historinhas e rimas que tem aquele sabor bem de histórias que a gente ouvia quando era pequeno, na rodas de amiguinhos na hora do recreio.

Série Mortina- Barbara Cantini (Tradução: Eduard Brandão)

Nessa série , a italiana Barbara Cantini criou uma personagem inspirada na família Addams, mas com um enfoque mais fofinho para crianças a partir de 6 anos. Para nós brasileiros, Mortina parece uma mistura de Família Addams e Castelo Rá-Tim-Bum. A fofíssima menina zumbi Mortina vive em um palacete com sua tia Fafá Lecida e seu cachorro Tristão, e quer muito fazer amiguinhos humanos. A história é criativa, as ilustrações são lindas, e a edição em capa dura da Companhia das Letras está muito bem cuidada. Um mimo.

Minha Querida Assombração- Reginaldo Prandi

O sociólogo Reginaldo Prandi usou suas próprias memórias de infância como inspiração para esse livro adorável. Na história, o sociólogo Paulo leva a família para passar uma semana numa fazenda antiga do interior. Lá os filhos de Paulo, Francisco, Rita, Fernando e Luísa se divertem nadando no riacho, subindo nas árvores, e ouvindo as histórias arrepiantes contadas à noite pela dona da fazenda, Dona Santa. De repente, coisas estranhas começam a acontecer. A história da família serve como moldura para as diversas lendas e assombrações do interior do Brasil. Um lindo livro para conhecer melhor nosso folclore.

Coraline- Neil Gaiman (Tradução: Bruna Beber)

“Coraline” foi o primeiro livro de Neil Gaiman voltado para o público infanto juvenil. Iniciamente escrito como uma espécie de conto de fadas às avessas para as filhas Holly e Maddie, “Coraline” acabou se tornando uma das obras mais populares do autor, em parte devido à excelente adaptação em animação Stop-motion dirigida por Henry Selick. Uma excelente releitura da história clássica da menina que acaba indo parar em um mundo mágico que já vimos em “Alice no País das Maravilhas” e “Peter Pan”, mas com aquele toque mórbido típico do estilo de Gaiman.

A Loira do Banheiro e Outras Assombrações do Folclore Brasileiro- Januária Cristina

Se você é brasileiro e já foi criança, com certeza já ouviu a lenda da loira do banheiro. Esse clássico das escolas brasileiras dá título ao livro da educadora Januária Cristina Alves, na qual ela usa algumas das assombrações do nosso folclore para criar uma história especialmente direcionada ao público infanto-juvenil. “A loira do Banheiro” conta a história de uma menina que decide evocar a assombração da Loira do banheiro, o que abre a porta para uma exploração didática e divertida de outras criaturas assustadoras como a Pisadeira, o Lobisomem, a Matinta Pereira e a Mula sem cabeça.

Para os maiorzinhos (pré-adolescentes e adolescentes a partir de 12 anos)

O livro do Cemitério- Neil Gaiman (Traduação: Ryta Vinagre)

Novamente Neil Gaiman aparece nesta lista, desta vez com um título menos conhecido. Assim como em “Coraline”, em “O Livro do Cemitério” o autor inglês cria um universo próprio, mágico e estranho com doses perfeitas de morbidez e fantasia. Quando sua família é assassinada, um bebê consegue fugir do berço e vai parar em um cemitério, onde é adotado por um casal de fantasmas que lhe dá o nome de “Ninguém Owens” . Ninguém cresce no cemitério cercado por fantasmas, enquanto o assassino de sua família ainda está a solta.

Série O Lar da Srta. Peregrine para Crianças Peculiares-Ransom Riggs

Random Riggs teve a ideia para o primeiro livro da série graças a sua coleção fotografias antigas. Algumas delas tinham pessoas fantasiadas ou com “efeitos especiais” disponíveis na época o que dava um ar bem esquisito e assustador. A ideia original era fazer um livro sobre fotografia, mas o editor de Riggs sugeriu que ele criasse uma narrativa inspirada nas fotos. Dessa sugestão, nasceu história de Jacob, um jovem que decide investigar a misteriosa morte do avô a partir de estranhas fotografias e das histórias que ele costumava contar. Jacob acaba descobrindo um mundo paralelo surreal povoado por crianças com poderes e habilidades “peculiares” e criaturas cruéis e apavorantes.

Histórias Assustadoras Para Contar à Noite – Neil Gaiman, Stephen King, Lisa Morton e vários autores com edição de Stephen Jones (Tradução: Dandara Palankof)

Stephen Jones é considerado por muitos como o maior antologista de terror da atualidade, e já foi responsável por várias coletâneas de sucesso. A proposta de “Histórias Assustadoras para Contar à Noite” é reunir vários autores conhecidos por seu trabalho nos gêneros de terror e fantasia para criar uma seleção de contos perfeitos para jovens leitores. Um livro ideal para quem está se iniciando na literatura de terror, com um “menu” variado de histórias e estilos.

A Árvore do Halloween- Ray Bradbury (Tradução: Natália Gerhardt)

Ray Bradbury é o autor consagrado de clássicos como “Fahrenheit 451” e “Algo Sinistro Vem Por Aí”, e sua obra passa pela fantasia, ficção científica, ficção especulativa e terror. Mas nem todo mundo conhece essa pequena preciosidade que é “A Árvore do Halloween”. Nessa história, um grupo de garotos sai para pedir doces na noite de Halloween, mas um deles acaba desaparecendo. O resto do grupo decide procurar o companheiro e acabam indo parar em uma misteriosa casa atrás da qual há uma estranha árvore. Com essa premissa aparentemente simples, Bradbury explora as origens e tradições do Halloween e de outras celebrações da morte ao longo da história.

Meu Mestre de História Sobrenatural-Luiz Roberto Guedes

Este livro é um verdadeiro tributo a todos os tipos de literatura “alternativa” dentro do leque do fantástico, terror ou especulativo, mas evoca também a sensação de ouvir e contar histórias e até um pouco da nostalgia de filmes e séries de ficção científica como Além da Imaginação e Arquivo X. Nesta história, um grupo de adolescentes se reúne em um estranho sebo em uma pequena cidade do interior para ouvir as histórias contadas pelo dono do estabelecimento, o “mestre de história sobrenatural” do título. Essas reuniões literárias são um verdadeiro passeio por temas diversos como abduções alienígenas, manuscritos perdidos, casas mal-assombradas e todo o tipo de mistério e esquisitice.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: