Halloween 2021: 11 livros para ler no Dia das Bruxas!

Saudações, leitor noturno!

O Halloween está chegando, e é claro que não poderia faltar uma lista de sugestões de leitura!

(Eu já compilei uma seleção de livros para crianças e adolescentes, para ver click AQUI)

Noite das Bruxas-Agatha Christie (Tradução: Bruna Beber)

Não dá para errar com Agatha Christie, não é? Para qualquer fã de mistério e investigação, a autora é não só favorita como necessária. E é claro que a Rainha do Mistério tem um livro perfeito para curtir um Halloween cheio de suspense. Em uma festa de Halloween, Joyce, uma menina de 13 anos e personalidade difícil, jura ter presenciado um assassinato. Nenhum dos convidados leva a história da garota a sério até que um corpo é encontrado na casa. Na mesma noite, Hercule Poirot chega para desvendar o mistério.


Algo sinistro vem por aí- Ray Bradbury (Tradução: Jorge Luiz Calife)

Ray Bradbury é outro autor que dispensa apresentações não só para os fãs de horror, mas também para os entusiastas da Ficção científica, mistério e fantasia. Dá para colocar um livro dele em praticamente qualquer lista de “essenciais” em qualquer destes gêneros. “Algo Sinistro vem por aí” mistura terror e fantasia, e exala espírito de Halloween. A história é protagonizada por dois amigos Jim Nightshade e William Holloway, ambos de treze anos de idade. Às vésperas do Halloween, um parque de diversões itinerante chega a cidade. Os dois garotos logo percebem que há algo de muito estranho e acabam descobrindo horrores sobrenaturais.



A Lenda do Cavaleiro sem cabeça e outros contos-Washington Irving (Tradução: Camila Fernandes)

Quando “A Lenda do Cavaleiro sem cabeça” foi publicado, em 1820, os EUA estavam em meio ao processo de tentar estabelecer uma literatura nacional bem definida, o que talvez explique o status quase folclórico da obra, especialmente em relação ao Halloween. Inúmeros filmes, livros, quadrinhos, desenhos animados e outras mídias adaptaram a história de Washinton Irving, quase sempre associando o Cavaleiro sem-cabeça ao Halloween, muitas vezes até com uma abóbora no lugar da cabeça. O protagonista da história é Ichabod Crane, um professor de Connecticut fascinado pelo sobrenatural, que mora em Sleepy Hollow, uma pequena colônia holandesa conhecida por suas assombrações, em especial um certo cavaleiro…


Sweeney Todd: O Barbeiro Demoníaco da rua Flet- Thomas Pecket Prest (Tradução: Carolina Caires Coelho)

Se você gostou do especial sobre Penny Serials publicado aqui no blog (PARTE 1 & PARTE 2), então tem que ler “Sweeney Todd-O Barbeiro Demoníaco da rua Fleet”, a primeira tradução brasileira do penny blood”A string of Pearls” (“Um colar de pérolas”) publicada pela editora Wish. Eu já falei um pouco sobre a história, sua publicação, autoria e algumas diferenças entre o original e a adaptação cinematográfica dirigida por Tim Burton na parte 2 do especial sobre Penny Serials, então só vou dizer que a edição está maravilhosa, como costumam ser as edições da Wish, e completa com o texto e ilustrações originais,além do prefácio da edição compilada original. Ideal para quem gosta de um terror bem violento, mas também tem uma quedinha pela estética vitoriana.


Pesadelos e Paisagens noturnas (Vol. 1 e 2)-Stephen King (Tradução: M.C.H Côrtes)

O terror é um gênero literário que casa perfeitamente com o conto. O formato mais curto cria uma experiência intensa, como se o medo ficasse concentrado em um compartimento pequeno e claustrofóbico. E, claro, também é o formato ideal para quem quer curtir uma noite de Halloween com uma boa leitura. A maioria dos autores de terror tem pelo menos uma coletânea de contos, senão várias, no currículo. É, como é o caso de Stephen King. É até meio difícil escolher apenas uma coletânea de contos do autor para sugerir, mas os dois volumes de “Pesadelos e Paisagens Noturnas” merecem seu lugar nessa lista justamente pela variedade de horrores que apresenta: terror psicológico, terror cósmico ao estilo de HP Lovecraft, uma história inspirada em Edgar Allan Poe, fantasmas, vampiros, assassinos, lendas urbanas…enfim, não importa que tipo de terror você gosta, tem algo aqui que vai te agradar.


O Exorcista- William Peter Blatty (Tradução: Carolina Caires Coelho)

A adaptação cinematográfica de “O Exorcista” é um daqueles filmes de terror que simplesmente tem que estar em qualquer lista de “melhores filmes para assistir no Halloween”. Acho que a maioria dos fãs de filmes de terror concorda que esse é um dos melhores, mas, infelizmente, o filme é tão bom e tão popular que acabou ofuscando o livro no qual foi inspirado. Essa edição devolve à obra de William Peter Blatty ao seu lugar de direito. Neste romance duas histórias convergem: de um lado Chris Macneil, uma atriz famosa, luta para salvar a filha Reagan, do outro o Padre Damien Karras sofre uma crise de fé após a morte da mãe. O padre Damien poderia, quem sabe, reencontrar sua fé ao ajudar Reagan?

Box Terríveis Mestres-Edgar Allan Poe, H.P Lovecraft & Arthur Conan Doyle (Tradução Fátima Pinho e Juliana Garcia)

Edgar Allan Poe e H.P. Lovecraft dispensam apresentações, e Arthur Conan Doyle, embora seja mais conhecido como criador do célebre detetive Sherlock Holmes, também é um mestre dos contos de suspense e terror. Neste box há uma seleção de contos dos três autores, perfeita para quem está se iniciando no gênero ou quer uma edição acessível com vários clássicos, Cada seção traz informações básica sobre cada autor e as obras selecionadas, e a edição tem prefácio e análise do escritor e pesquisador Oscar Nestarez. A coletânea reúne uma pequena seleção dos contos mais emblemáticos e conhecidos de Edgar Allan Poe ( “A Queda da Casa de Usher”, “O Gato Preto”, “A Verdade sobre o caso do Sr. Valdemar”, etc) e de HP Lovecraft (“O Chamado de Cthulhu” “O Horror de Dunwich”, “Os Ratos nas Paredes”), mas o verdadeiro trunfo está na seleção de contos de Arthur Conan Doyle, nem sempre tão conhecidos pelo público brasileiro quanto os de Poe e Lovecraft (“O Gato Brasileiro”, “Horror nas Alturas”, “A Nova Catacumba”, etc). Uma boa pedida para quem não dispensa um bom clássico no Halloween.

O vilarejo-Raphael Montes

Raphael Montes é figura conhecida entre o público que acompanha a literatura policial, de terror e suspense no Brasil. Do eletrizante “Bom dia ,Verônica” (escrito em parceria com a criminóloga Ilana Casoy), passando pelo obsessivo “Dias Perfeitos”, o paranóico “Uma mulher no escuro” e outros, Montes sabe como deixar o leitor desconfortável. E para uma boa noite de Halloween, nada como um bom terror raiz como “O Vilarejo. Uma coleção de histórias ilustradas por Marcelo Damm “O Vilarejo” é uma galeria de pesadelos. O vilarejo do título é um lugar remoto, mas que também poderia ser qualquer lugar, onde as agruras da fome e da pobreza e as perversões humanas se unem para compor um cenário mórbido e cruel no qual todos os demônios do inferno parecem estar no controle.

Escravo de Capela- Marcos Debrito

A gente nem sempre se lembra mas o Dia 31 de Outubro no Brasil é “Dia do Saci”. A data foi como uma resposta a crescente popularidade do Halloween no Brasil, mas querer entrar no mérito da questão de “nacional x gringo”, o fato é que dá para celebrar o dia do saci sim, e por que não fazer isso com um livro bem assustador? Em “Escravo de Capela” Marcos DeBrito faz uma releitura da lenda do saci, indo buscar sua inspiração um horror real: a escravidão no Brasil. Em 1792, Sabola Citiwala, um escravo recém-chegado na fazenda Capela, se torna uma das vítimas preferidas do sádico capataz Antônio. O que se segue é uma história de vingança na qual o horror sobrenatural não fica nada a dever para os horrores reais. Um livro brutal na maneira direta com a qual lida com a violência da escravidão de forma aberta e visceral. Não é um livro para qualquer leitor.

A Invenção do Monstro, do Golem ao Zumbi-Fernando Vugman

“A Invenção do Monstro” é o único livro de não ficção da lista, mas nem só de ficção vive o leitor do macabro, não é mesmo? Aliás, quem é fã mesmo, simplesmente adora descobrir as origens e história por trás dos monstros que assombram nossa imaginação, e é exatamente essa a proposta do pesquisador Fernando Vugman. “A Invenção do Monstro” traça um panorama das origens dos monstros mais famosos da nossa cultura popular coletiva, começando por Golem judaico, passando por monstros literários como Caliban, de Shakespeare e Frankenstein de Mary Shelley, até chegar aos zumbis que saíram do folclore Haitiano para invadir nossos filmes, séries e videogames. Pode ser difícil dar conta deum assunto tão vasto, mas Vugman consegue apresentar um trabalho bastante abrangente e e ao mesmo tempo sucinto, que inclui não apenas análises históricas, mas também aspectos sociológicos e culturais, sem deixar o texto pesado nem excessivamente acadêmico.

Halloween: O Legado de Michael Myers (Tradução: Antonio Tibau)-

“Halloween” é uma das mais populares e bem-sucedidas franquias de filmes de terror da história do cinema americano, e apesar de de já ter passado dos 10 filmes, o original de 1978 continua sendo o melhor da série, e um clássico inconteste do gênero conhecido como “Slasher”. A série de filmes é tão popular que o assassino Michael Myers é figurinha conhecida até para quem não assiste slashers. “Halloween: O Legado de Michael Myers” é uma parceria da Macabra Filmes com a editora Darkside lançada especialmete para o Halloween. É um guia da franquia “Halloween” com informações sobre todos os personagens, lugares e universo de Halloween, e muitas curiosidade sobre a produção, filmagem, elenco, tudo com ilustrações e material exclusivo. Essa edição se junta à outras edições especiais da Darkside em homenagens à clássicos do cinema de horror como “O Massacre da Serra Elétrica”, “Sexta-Feira 13″,”A Hora do Pesadelo” e outros.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: